O termo Tai Chi Chuan (T'ai Ch'i Ch'uan) provem da língua chinesa e significa Boxe do Absoluto. É um ramo da Arte Marcial Chinesa (Wushu), pertencente a Escola Interna Nei Chia, a qual está profundamente impregnada do pensamento taoísta e de sua peculiar aproximação ao Universo, ao Homem e ao fenômeno de Saúde-Doença. O objetivo deste boxe era prover ao praticante técnicas de combate, com o fim de defender sua vida, família ou propriedade. Atualmente, sem esquecer sua origem marcial, é empregado como técnica psicofísica com um valor terapêutico.
  O ser humano é uma unidade harmônica multifatorial e responde como tal às múltiplas influências que podem o afetar, tanto positiva como negativamente.
  Segundo a Saúde Holística, os fatores que afetam a saúde do Homem se agrupam em duas categorias básicas, Herança e Ambiente. Por sua vez o Ambiente classifica-se como Ambiente Externo, constituído pelo ambiente geográfico, condições de vida e trabalho; e como Ambiente Interno, determinado pela educação, hábitos, costumes, traços culturais, etc.
  Muitos destes fatores, ou estão fora de nosso controle ou não podem ser facilmente modificados. No entanto, mediante a prática do Tai Chi Chuan, os efeitos nocivos de certos fatores susceptíveis de manipulação podem ser amenizados e os benéficos, acentuados.
  O Tai Chi Chuan difere de outros exercícios (Ginástica, Aeróbica, etc.) e ainda de outras artes marciais (Shaolin, Karate, Tae-Kwon-Do, etc.) em dois aspectos fundamentais, primeiro pela extensa interiorização do movimento na expressão própria executante e segundo pelo intenso trabalho psicológico associado a essa interação. Estas características fazem-no a mais intelectual das artes marciais chinesas.
  Os primórdios do Tai Chi Chuan se localizam historicamente no final do século XVII, durante a dinastia Ming na província de Herían, ao norte da China. Seu criador foi o general Chen Wang Ting. Foi conhecido como Boxe das Treze Tácticas, mas seu nome atual e definitivo foi adquirido ao final do século XVIII. Inicialmente, este boxe consistia numa sucessão de movimentos suaves e fortes, passos vigorosos e freqüentes explosões de força. No século XIX este estilo foi introduzido em Beijín (Pequín) por Yang Lu Chan (1799-1872) que o transformou num encadeamento de movimentos lentos, firmes, com posturas naturalmente estendidas e ritmo contínuo. A partir destas modificações surgiram numerosas escolas, no entanto, a sistematização final do estilo até sua atual configuração, corresponde a Yang Cheng Fu (1883-1936). Por esta razão, este ramo da Arte Marcial é conhecida desde então como Tai Chi Chuan estilo Yang, em honra a seus criadores.
  O estilo Yang de Tai Chi Chuan é uma das jóias no reino das artes marciais chinesas, querido por, em média, 10 milhões de praticantes, convertendo-se na mais popular de todas as artes marciais chinesas, proporcionando uma contribuição extraordinária à saúde da humanidade.


PAK HOK GIMNASIO LO-HAN CHEUNG KWOK WAH LATINO AMERICA
PAK HOK CHEUNG KWOK WAH INTERNATIONAL MARTIAL ART ASSOCIATION
PAK HOK ATHLETIC FEDERATION LIMITED

© Copyright 2008 - 2011 lohanbrasil
All Rights Reserved